Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional

Aos nossos colaboradores e colaboradoras:

Em função da divulgação por algumas áreas da Capes de planilha com informações sobre o Qualis Referência 2017-2018 ressaltamos, conforme Nota sobre o Qualis da Capes, que se trata de documento preliminar a ser, ainda, discutido pelas áreas durante o Seminário de Meio Termo dos Programas de Pós-Graduação. 

Entendemos que a classificação preliminar dos Cadernos Brasileiros em Terapia Ocupacionalno estrato “C” ocorre devido à nossa mudança de nome em 2017 (o que implica no mesmo para 0s Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, devido à sua extinção em 2017), uma vez que atendemos ao critério Google Scholar índice H>= 5 (número de citações em relação ao número de produções em um período), dado que o nosso maior índice (atualmente subdividido em três) é 12.

Ainda, estamos indexados na Scopus, o que deve gerar o SJR no intervalo de até dois anos; e no Emerging Sources CitationWeb of Science, aguardando avaliação para futura geração de JCR.

Esperamos que a Área de Educação Física, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Capes, nossa "área mãe", honre com sua política de valorização da divulgação do conhecimento específico de cada uma de suas subáreas, como vem fazendo nos últimos anos, e com o que se comprometeram, publicamente, os seus atuais coordenadores. Assim como o compromisso com a política de continuidade da busca de valorização da autossuficiência no país de suas subáreas.   

Permanecemos na convicção da necessidade de produção e disseminação nacional e internacional do conhecimento em terapia ocupacional.

Atenciosamente,

Editoria Chefe e Editoria Associada 

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional  

 

O periódico Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy (ISSN 2526-8910) é continuidade dos Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar (ISSN Impresso 0104-4931, ISSN Eletrônico 2238-2860), iniciado em 1990. Desde o volume 25, número 2, de 2017 passou a chamar-se Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy. Destina-se à divulgação de trabalhos inéditos, oriundos de pesquisas científicas originais no campo da Terapia Ocupacional, em diálogo com as áreas de Saúde, Educação, Cultura e Assistência Social, bem como da Ciência Ocupacional. Enfatiza estudos sobre problemáticas físicas, sensoriais, mentais, psicológicas e/ou sociais relacionadas ao cotidiano e ao fazer humano, articulados à participação, à autonomia e à inserção de sujeitos (individuais e coletivos) na vida social.

A revista aceita trabalhos em inglês, espanhol e português, adota a avaliação double-blind e dirige-se a pesquisadores, docentes, discentes e profissionais de Terapia Ocupacional e de áreas correlatas, tanto em âmbito nacional quanto internacional. 

v. 27, n. 3 (2019)

  ##common.journalThumbnail.altText##