Estágio supervisionado em terapia ocupacional em um centro de atenção psicossocial CAPS II: Desafios para a assistência e para o processo de ensino-aprendizagem/Supervised practice in occupational therapy in a psychosocial care center: Challenges for the

Milton Carlos Mariotti, Luciana Carvalho Marques, Aline Schlean, Rafaela Silva, Diane Priscila Stoffel, Bruna Veiga

Resumo


A reforma psiquiátrica no Brasil substituiu o modelo hospitalocêntrico pela proposta de reinserção do usuário na comunidade, sendo o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) o principal equipamento nesse âmbito. Objetivos: Relatar o desenvolvimento de um Estágio Supervisionado de Prática em Terapia Ocupacional num CAPS II de Curitiba. Procedimentos metodológicos: Trata-se de um relato de experiência. Caracteriza o campo de estágio e descreve as etapas do processo de ensino-aprendizagem que envolveu: observação institucional, relatório dos aspectos observados, proposta de intervenção, coleta de dados do perfil dos usuários e atendimentos. O foco do trabalho foi o grupo de usuários do regime não intensivo, por estarem mais próximos da alta, considerando-se a falta de equipamentos para a continuidade da assistência para essa população. Resultados: Observou-se que os usuários do regime não intensivo, ao invés de almejarem a alta, gostariam de retornar aos regimes semi-intensivo ou intensivo, objetivando recuperar direitos ao auxílio-doença e transporte, o que denota grande contradição no sistema. Foram atendidos complementarmente também usuários dos regimes intensivo e semi-intensivo. Conclusões: O aprendizado dos estudantes contemplou aspectos como: a realidade institucional; conhecimento do sistema de saúde, suas limitações e contradições; aproximação com usuários, familiares, suas condições socioeconômicas, desejos, aspirações ou sua falta, dificuldades para engajamento em ocupações significativas em seu território, limitações e estigmas sociais; trabalho com as frustrações, reflexão sobre as possibilidades de mudança da realidade, além da prática clínica ampliada com discussões sobre os modelos de intervenção e os de formulação das políticas públicas de assistência à saúde mental e controle social.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/cto.2014.062

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br