Caixas de histórias como estratégia auxiliar do enfrentamento da hospitalização de crianças e adolescentes com câncer/The use of story boxes as an adjuvant strategy to cope with hospitalization of children and adolescents with cancer

Nathália Rodrigues Garcia-Schinzari, Luzia Iara Pfeifer, Amanda Mota Pacciulio Sposito, Jair Lício Ferreira Santos, Lucila Castanheira Nascimento, Maria Paula Panúncio-Pinto

Resumo


Introdução: A contação de histórias em ambiente hospitalar contribui para a diminuição de tensões e ansiedades, configurando-se como uma possibilidade de estratégia de enfrentamento da hospitalização para tratamento oncológico. Objetivo: Identificar e analisar as contribuições do Caixa de Histórias (programa de contação de histórias) para o enfrentamento da hospitalização infanto-juvenil. Procedimentos metodológicos: Pesquisa aplicada, não experimental, transversal, descritiva e de caráter qualiquantitativo desenvolvida em uma enfermaria de oncopediatria do interior paulista. Participaram do estudo 20 crianças e adolescentes de 4 a 15 anos. A coleta de dados envolveu as etapas: (1) pré-teste (apontar na escala ou expressar verbalmente qual das faces representava seus sentimentos naquele momento), (2) registro do comportamento das crianças durante as contações das histórias e (3) pós-teste (apontar na escala ou expressar verbalmente qual das faces representava o que estava sentindo após a contação da história). Resultados: Os participantes interagiram com as pessoas presentes durante as contações das histórias (interação com as duplas de graduandas de Terapia Ocupacional e interação com seus pares) e com os materiais das caixas (manipulação dos objetos da caixa e participação na realização da atividade proposta), demonstraram habilidades cognitivas (atenção e imaginação) e motivação (animação e curiosidade despertada pela história). Nove participantes modificaram significativamente seu estado emocional após as contações de histórias, com p valor igual a 0,0111. Conclusões: O Caixa de Histórias mostrou-se uma importante intervenção no auxílio do enfrentamento do câncer infanto-juvenil, resgatando o universo lúdico e facilitando a recuperação de um estado saudável.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/cto.2014.079

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br