Correlação entre fadiga e desempenho ocupacional de indivíduos com esclerose múltipla/Correlation between fatigue and occupational performance of people with multiple sclerosis

Valeria Sousa de Andrade, Mayara Mirella Araújo Seabra, Isabella Elias de Moura Ramos

Resumo


Introdução: A esclerose múltipla (EM) é uma doença desmielinizante caracterizada por vários sintomas, dentre os quais a fadiga, manifestação que pode conduzir ao comprometimento do desempenho das atividades diárias e da qualidade de vida do indivíduo que a exibe. Objetivo: Identificar a correlação entre fadiga e desempenho ocupacional em atividades consideradas significativas por indivíduos com EM. Método: Indivíduos com EM que frequentavam o ambulatório de um hospital universitário compuseram a amostra. A “fadiga” e o “desempenho ocupacional” foram avaliados pela Escala de Severidade da Fadiga e pela Medida Canadense de Desempenho Ocupacional, respectivamente. Resultados: As atividades com maior grau de importância e de dificuldade na execução relatadas pelos participantes foram andar na rua, subir e descer escadas, e ir à casa de amigos. Através do Coeficiente de Correlação de Pearson, observou-se inexistência de relação estatisticamente significativa entre as variáveis “fadiga e desempenho na execução” das atividades (r: –0,11) ou entre “fadiga e a satisfação ao desempenhar” aquelas tarefas (r: –0,26). Por outro lado, constatou-se relação positiva estatisticamente significativa entre desempenho das atividades e satisfação ao desempenhá-las (r: 0,51). Conclusão: A não correlação entre as
variáveis “fadiga e desempenho ocupacional” indicou ausência de interferência desse sintoma na realização das atividades consideradas importantes pelos participantes. A relação positiva estatisticamente significativa entre as variáveis “desempenho da atividade e satisfação ao desempenhá-la” ilustrou atitude positiva e otimista por parte dos participantes em relação ao modo como realizam suas atividades rotineiras.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0592

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br