Perfil sociodemográfico e sobrecarga de cuidadores informais de pacientes assistidos em ambulatório de terapia ocupacional/Sociodemographic profile and burden of informal caregivers of patients assisted in occupational therapy outpatient clinic

Maria Luisa Gazabim Simões Ballarin, Aline Cristina Benedito, Catherine Amorim Krön, Daniela Christovam

Resumo


Introdução: Situações que envolvem doenças graves, degenerativas e/ou incapacidades funcionais (motora, sensopercepetiva ou cognitiva) trazem alterações na vida cotidiana, não somente do sujeito adoecido, mas também de todos os envolvidos, incluindo o Cuidador Informal – CI que o acompanha, evidenciando sobrecarga que pode estar diretamente relacionada à tarefa de cuidar. Objetivo: Assim, este estudo teve por objetivo identificar o perfil sociodemográfico e a sobrecarga dos CI que acompanham pacientes assistidos em Ambulatório de Terapia Ocupacional. Método: Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, de corte transversal e de natureza quanti-qualitativa. Para seu desenvolvimento foram utilizados dois instrumentos de coleta de dados: a Escala padronizada Zarit Burden Interview – ZBI, que avalia sobrecarga em cuidadores, e um Questionário sociodemográfico que continha perguntas abertas e fechadas, cujas variáveis de gênero, idade, ocupação, estado civil e escolaridade foram analisadas. Resultados: Os resultados obtidos evidenciaram que os cuidadores eram, em sua maioria, mulheres, mães, casadas, católicas, cujas idades variavam de 30 a 50 anos. Além disso, constatou-se que a maioria (46,6%) apresentou sobrecarga avaliada como moderada, e 43,4% dos participantes apresentaram sobrecarga classificada como moderada a severa. Conclusão: Por fim, o estudo possibilitou constatar a necessidade e a importância da construção de estratégias mais efetivas que possam ser adotadas no sentido de assistirem integralmente os Cuidadores Informais. Entende-se que os resultados obtidos podem contribuir subsidiando a implantação de ações e programas de treinamento/suporte, melhorando a qualidade da atenção a todos os envolvidos.




DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0607

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br