O MODELO LÚDICO: UMA NOVA VISÃO DO BRINCAR PARA A TERAPIA OCUPACIONAL

CAMILA CRISTIANE ZEN, CLAUDIA OMAIRI

Resumo


O estudo tem como objetivo discutir o Modelo Lúdico e o brincar das crianças

com deficiência física a partir de levantamento bibliográfico. O Modelo Lúdico

tem como principal característica o brincar, que surge dos elementos, atitude,

ação e interesse da criança. Este é visto como uma atividade própria da criança,

sendo considerada uma área de desempenho ocupacional. A profissão da Terapia

Ocupacional atua nas áreas de desempenho ocupacional, propostas em sua

fundamentação, buscando uma maior independência possível da criança nessas

áreas, de acordo com suas dificuldades. A Terapia Ocupacional pode intervir no

tratamento de crianças com deficiência física através da utilização do brincar

para a aquisição de habilidades diversas. O Modelo Lúdico traz uma nova visão

desse brincar, vendo-o como fim, objetivo da intervenção. Independente de que

forma a criança realize essa atividade, esse modelo se preocupa em fazer com

que a criança brinque, e desempenhe o seu papel de brincador. A partir disso

então podemos perceber a importância e validade dessa pesquisa para os

terapeutas ocupacionais que atuam com as crianças com deficiência física.


Texto completo:

PDF


_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br