Sobre o cotidiano no contexto do adoecimento e da hospitalização: o que dizem as mães acompanhantes de crianças com diagnóstico de neoplasia?/The daily life in the context of illness and hospitalization: what say the accompanying mothers of children diagn

Camila Rebeca Vieira de Almeida, Isabelle Craveiro de Oliveira Leite, Cibele Braga Ferreira, Victor Augusto Cavaleiro Corrêa

Resumo


Introdução: O cotidiano é um fenômeno complexo, multidimensional e processual, no qual todas as pessoas estão inseridas, é a medida da sucessão da vida humana, sendo a base constituinte da vida, promovendo o(s) sentido(s) de continuidade da existência. Dentre as doenças infantis, as neoplasias destacam-se por sua alta incidência e repercussões na vida e no cotidiano da criança e de seus familiares ou responsáveis, sendo comum que crianças com neoplasia e seus acompanhantes vivenciem a hospitalização. Objetivo: Considerando a relevância e repercussões do cotidiano vivido para a saúde e bem-estar, objetivamos desvelar os significados da vivência do cotidiano hospitalar para mães de crianças com diagnóstico de neoplasia. Método: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com enfoque fenomenológico, na modalidade análise do conteúdo, a partir da aplicação de entrevistas semidirigidas com nove mães, em um Hospital da Rede Pública. Resultados: Os resultados revelaram que o cotidiano hospitalar pode ser permeado pelo desconforto físico, angústia; medos, incertezas, dificuldades de adaptação às regras, ambiente e procedimentos hospitalares; pela saudade, afastamentos de pessoas, contextos e ocupações significativos; e pelo não fazer ou fazeres vinculados ao cuidado com a criança. Todavia, as pessoas podem buscar (re)significar o cotidiano, através de vivências ocupacionais e relações de apoio entre acompanhantes, o que pode contribuir para a percepção de bem-estar e aprendizagem decorrente desta experiência. Conclusão: Portanto, os sentidos desta vivência e a forma como esta pode interferir na saúde e bem-estar das pessoas devem ser inquietações de terapeutas ocupacionais em hospitais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0609

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br