Etnoconhecimento de pequenos agricultores tradicionais sobre plantas medicinais no tratamento de dores provocadas pelo trabalho/Traditional knowledge of small farmers on medicinal plants used for occupational pain treatment

Nyrreyne Dias Pereira de Melo, SIMONE CARDOSO RIBEIRO, ARTHUR BEZERRA BARROS

Resumo


Objetivo: O objetivo desta pesquisa foi verificar o conhecimento etnobotânico dos agricultores da região Cariri do Estado do Ceará, Brasil, no tratamento das dores na coluna e nos músculos provocadas pelo trabalho, considerando-se a cultura e a biodiversidade. Método: Os dados etnobotânicos foram obtidos por meio de entrevistas semiestruturadas, técnica de lista livre e bola de neve, sendo analisados pelos métodos do Discurso do Sujeito Coletivo e do Valor de Uso da Espécie. Resultados: Foram encontradas 18 espécies, sendo que o Barbatimão (Stryphnodendron rotundifolium Mart) e a Sucupira (Bowdichia virgilioides Kunth) foram as espécies mais citadas, apresentando valor de uso de 0,5 e 0,6, respectivamente. Constatou-se vasta riqueza de informações correlacionas à cultura das comunidades tradicionais estudadas. Conclusão: Conclui-se que compreender as atividades desenvolvidas na agricultura permite a fisioterapia e a terapia ocupacional trabalharem a promoção da saúde dos agricultores, melhorando assim a sua qualidade de vida.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO1249

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br