Juventude, cultura e profissionalização da criatividade/Youth, culture and creativity professionalization

Carla Regina Silva, Isadora Cardinalli, Marina Sanches Silvestrini, Aline Zacchi Farias, Débora Isabela Vasconcelos Teixeira, Ana Carolina da Silva Almeida Prado, Leticia Ambrosio, Rubia Diana da Mota, Caio Camargo Ishido, Marco Antonio Liu Targa Mancini

Resumo


Este artigo integra reflexões sobre a juventude, o trabalho e a cultura a partir do conceito de profissionalização da criatividade. Afinal, a educação e o trabalho são temas centrais para a juventude que possui dificuldades reais de inserção, e a cultura tem sido apontada como essencial para o desenvolvimento das sociedades. Para tanto, apresenta-se uma pesquisa que teve o intuito de contribuir para a compreensão acerca de jovens gestores e produtores culturais por meio de um mapeamento na cidade de São Carlos (SP – Brasil). A metodologia consistiu em: i) mapeamento de programas, serviços e ações artístico- culturais dos diferentes setores, destinadas ou protagonizadas por jovens, com aplicação de um questionário específico; e ii) entrevistas com os artistas (15 a 29 anos), residentes na cidade e com interesse na profissionalização. Foram indicados 210 jovens artistas, realizadas 96 entrevistas e encontrados 46 jovens no perfil. As análises consideraram os artistas a partir de suas produções artísticas e das categorias: identificação, estrutura, profissionalização e financiamento. As demandas estiveram marcadas pela dificuldade de financiamento e gestão, o que acarreta numa precarização do trabalho em diferentes âmbitos. Ao mesmo tempo, sonhos, satisfação, cunho ideológico de transformação social e sublimação da vida fortalecem esses jovens na luta pela profissionalização de sua arte. Corrobora-se, portanto, com o investimento público para a cultura na direção do potencial transformador de processos culturais que produzem deslocamentos sensíveis. Além de estratégias visando ao desenvolvimento e ao impacto social, somando, portanto, importantes saberes e práticas para a terapia ocupacional.




DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0680

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br