Prevalência do Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação em uma amostra de crianças brasileiras/Prevalence of Developmental Coordination Disorder in a sample of Brazilian children

Thais Silva Beltrame, Renata Capistrano, Juliano Maestri Alexandre, Tailine Lisboa, Rubian Diego Andrade, Érico Pereira Gomes Felden

Resumo


Introdução: Devido às consequências que o Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação – TDC pode trazer para o desenvolvimento da criança nos aspectos motores, afetivos e sociais, há necessidade de investigações com amostras representativas no Brasil. Objetivo: Este estudo objetivou investigar a prevalência do TDC em escolares de 7 a 10 anos de idade. A amostra foi composta por 787 crianças do município de Florianópolis/SC. Método: O desempenho motor foi avaliado por meio da Movement Assessment Battery for Children Second Edition - MABC-2 que classifica o desempenho motor em três: dificuldade, risco e desempenho motor normal. Para as análises, recorreu-se à estatística descritiva (médias, mínimos, máximos, desvio padrão, frequências) e inferencial (teste Quiquadrado, U de Mann-Whitney, Krusskal-Wallis com post-hoc de Dunn). A significância estatística adotada foi de p<0,05. Resultados: A prevalência de dificuldade motora e risco para dificuldade motora foi de 7,1% e 11,3%, respectivamente, e sem dificuldade de movimento foi 81,6%. Ao associar o sexo com as classificações motoras, observou-se que os meninos apresentaram mais dificuldade motora (X2= 6,38; p=0,04). As meninas apresentaram mais dificuldade nas habilidades de lançar e receber e os meninos nas habilidades de destreza manual. As crianças na faixa etária de 7 e 8 anos apresentaram prevalências maiores de TDC. Conclusão: A prevalência do transtorno, bem como as diferenças entre os sexos, foi considerada semelhante às evidências apresentadas em pesquisas internacionais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0777

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br