PRINCIPAIS LESÕES DE MEMBRO SUPERIOR POR CAUSAS EXTERNAS EM CRIANÇAS MENORES DE 15 ANOS NO ESPÍRITO SANTO, BRASIL.

ELEM GUIMARÃES DOS SANTOS, ARIANNE MIRANDA FERREIRA, GILMA CORREA COUTINHO, EDSON THEODORO DOS SANTOS NETO

Resumo


As lesões provocadas pelas chamadas “causas externas”, devido a acidentes e violências, vêm sendo apontada mundialmente como sério e importante problema da modernidade sendo considerado um grande problema de saúde pública com impactos nos padrões morbimortalidade. A proposição do presente estudo é descrever a ocorrência das principais lesões de membro superior por causas externas nos serviços de internação hospitalar entre menores de 15 anos, residentes no Espírito Santo, no ano de 2005, através de análise de dados secundários do Sistema de Informação Hospitalar do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS). Foram selecionadas para o estudo as causas que provocaram a lesão, o tipo e natureza da lesão, ambos segundo a Classificação Internacional de Saúde e Problemas Relacionados à Saúde-Décima revisão (CID-10). As quedas foram a principal causa de lesões estabilizando-se em torno das 140/100.000, enquanto os acidentes de transporte aumentaram gradativamente chegando próximo a 60/ 100.000. As fraturas foram a conseqüência mais prevalente correspondendo a 79,38/100.000, predominando as de antebraço com 65,5%. Quanto aos locais de acometimento os traumas de cotovelo e antebraço ocorreram em 61,4% dos casos, os traumas de ombro e braço 21,5%, e os traumas de

punho e mão 16,2%. Conclui-se que o perfil das causas externas é caracterizado por crianças vítimas de quedas e acidentes de transporte, com alta prevalência de fraturas de membro superior, principalmente as fraturas de antebraço. Considera-se a necessidade do desenvolvimento de políticas públicas voltadas para promoção, prevenção e reabilitação das vítimas desses acidentes através de equipes multidisciplinares.


Texto completo:

PDF


_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br