Adaptação transcultural para a língua portuguesa da Avaliação Cognitiva Dinâmica de Terapia Ocupacional para Crianças (DOTCA-Ch)/Cross-cultural adaptation into portuguese of the Dynamic Occupational Therapy Cognitive Assessment for Children (DOTCA-Ch)

Lúcia Rocha Uchôa-Figueiredo, Fernanda Felício Lima, Renata Souza Mendes, Nataly Cristina Fachinetti Marques, Mariana Matteuci, Heloisa Sbrissa Almada, Marcia Maria Pires Camargo Novelli, Noomi Katz

Resumo


Introdução: A Avaliação Cognitiva Dinâmica de Terapia Ocupacional para crianças (DOTCA-Ch) é um instrumento de avaliação específico para terapeutas ocupacionais (TO), que avalia o desempenho cognitivo de crianças com idade de 6 a 12 anos, em 22 subtestes dinâmicos distribuídos em cinco áreas cognitivas: Orientação, Percepção Espacial, Práxis, Construção Visuomotora e Operações de Pensamento. Objetivo: Apresentar o processo de adaptação transcultural da Bateria DOTCA-Ch para a língua portuguesa. Método: A Bateria DOTCA-Ch foi traduzida e adaptada segundo uma metodologia rigorosa, a partir da tradução, retrotradução, avaliação das equivalências Conceitual, Cultural, Idiomática e Semântica feita por um Comitê de Especialistas e aplicação do pré-teste. Resultados: A Bateria DOTCA-Ch foi traduzida, adaptada para o português brasileiro, retrotraduzida e a versão final foi encaminhada para um Comitê de Especialistas, a fim de avaliar as equivalências (375 itens), considerando a população-alvo e o contexto cultural do Brasil. Nos itens referentes à avaliação das equivalências Conceitual e Cultural, a concordância entre os examinadores foi de 100%, e na avaliação das equivalências Idiomática e Semântica, a média foi de 95,2%. Na fase do pré-teste, esta versão foi aplicada em 9 crianças saudáveis da cidade de Santos. Conclusão: A Bateria DOTCA-Ch mostrou-se aplicável às crianças saudáveis, entretanto, tendo em vista as especificidades desse grupo populacional, tornaram-se necessárias adaptações em relação ao tempo de aplicação da bateria. Observou-se que as crianças se beneficiam do uso das mediações, visto que isto contribuiu para uma considerável melhora de seu desempenho durante a execução das tarefas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0827

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br