Ambiente virtual de aprendizagem: contribuições da terapia ocupacional a pais e familiares na assistência de crianças com anomalias craniofaciais/Virtual learning environment: occupational therapy contributions to parents and families caring for children

Lyana Carvalho e Sousa, Márcia Cristina Almendros Fernandes Moraes, Caroline Duchatsch Ribeiro de Souza, Hélcio da Silva, Élvio Gilberto da Silva, Leonardo Coelho Souza dos Reis, Patrick Pedreira Silva, Luciana Paula Maximino

Resumo


Introdução: As fissuras labiopalatinas estão entre as malformações de maior incidência entre as anomalias congênitas. O Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo, em Bauru, assiste a essa clientela de toda a América Latina por meio de uma equipe interdisciplinar de referência. Como o tratamento adequado demanda vários anos de intervenção e cuidados, as famílias das crianças com esse tipo de anomalia acabam se deparando com barreiras de caráter financeiro e geográfico que dificultam o acesso à terapia. Diante disso, o uso de ferramentas digitais na comunicação entre profissionais da saúde e os responsáveis pelos pacientes é um potencial recurso na transmissão de conhecimento. Objetivo: Criar e avaliar um ambiente virtual de aprendizagem sobre o desenvolvimento de crianças com anomalias craniofaciais, usando técnicas de terapia ocupacional. Método: Foi criado um ambiente virtual (website) usando e adaptando o Health-Related Web Site Evaluation Form Emory. O website foi então avaliado por cinco terapeutas ocupacionais e cinco fonoaudiólogos e o resultado foi submetido à análise descritiva e tratamento quanti-qualitativo, também usando as características e formas de análise do Emory. Resultados: A qualidade do site foi considerada “Adequada” por 81,1% dos avaliadores, enquanto o conteúdo por faixa etária foi considerado “Excelente” por 94,3%. Conclusão: O uso do ambiente virtual no tratamento de crianças com fissuras labiopalatinas foi relevante, mostrando-se adequado e com conteúdo excelente ao fim ao qual se destina. Isso indica, portanto, que o desenvolvimento tecnológico pode beneficiar processos terapêuticos e facilitar o acesso a este tratamento específico.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0926

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br