Comparação de duas técnicas de alongamento sobre o equilíbrio e mobilidade em idosas da comunidade/Comparison of two stretching techniques on the balance and mobility of older women

Claudinara Botton dal Paz, Liliana Laura Rossetin, Clynton Lourenço Correa, Anna Raquel Silveira Gomes

Resumo


Objetivo: Este estudo teve como objetivo comparar os efeitos das técnicas de Alongamento Estático (AE) e Manter-Relaxar (MR) sobre a flexibilidade, equilíbrio, mobilidade e cadência em idosas hígidas sedentárias da comunidade. Método: Participaram 29 idosas (68 ± 11 anos) divididas em 3 grupos: Controle (GC, n=8); AE (GAE, n=10) e MR (GMR, n=11). O GC participou de palestras educativas. O GAE e GMR realizaram 8 sessões de AE e MR, respectivamente, mantidos por 60 segundos em cada sessão, duas vezes por semana, durante quatro semanas consecutivas. Inicialmente foram realizados 10 minutos de aquecimento, por meio de caminhadas e atividades recreacionais, e em seguida exercícios de alongamento para os músculos isquiotibiais (IT), bilateralmente. Foram realizadas avaliações antes e após quatro semanas, das seguintes variáveis: flexibilidade dos IT por meio de fotogrametria; equilíbrio com a Escala de Equilíbrio de Berg; mobilidade utilizando-se o Timed up and Go e a cadência pela contagem dos passos por minuto. Resultados paramétricos foram analisados com a ANOVA post hoc Tukey e não paramétricos com o Kruskall-Wallis (p≤0,05). Foi calculado o Minimal Detectable Change (MDC) para todas as variáveis. Resultados: Verificou-se aumento da flexibilidade no GAE (73 ± 8º vs 56 ± 7º, p=0,00003) e GMR (71 ± 11º vs 56 ± 8º, p=0,00003). No entanto, somente o GAE superou o MDC na mobilidade e o GMR na cadência. Conclusão: Conclui-se que tanto a técnica AE quanto MR aumentaram a flexibilidade dos IT. Porém, somente o AE incrementou a mobilidade e o MR a cadência, de forma clinicamente significativa. 


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoAO1024

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br