corporeidade de mulheres gestantes e a terapia ocupacional: ações possíveis na Atenção Básica em Saúde/Corporality of pregnant women and occupational therapy: possible actions in the Primary Health Care

Sabrina Helena Ferigato, Carla Regina Silva, Leticia Ambrosio

Resumo


Introdução: Este trabalho apresenta os resultados de uma investigação qualitativa do tipo pesquisa- intervenção, cujo objetivo foi descrever e analisar a corporeidade de um grupo de gestantes e, a partir dessa análise, construir proposições para a intervenção da terapia ocupacional no cuidado em saúde. Método: Os dados foram produzidos com a triangulação de diferentes técnicas: dinâmica grupal, mapa corporal, photovoice, registros imagéticos e prática diarística. O campo investigado foi a Atenção Básica à Saúde, por ser um espaço privilegiado de encontro entre profissionais da saúde e gestantes. Resultados: Foi possível identificar elementos comuns e singulares da corporeidade feminina no processo da gestação, descritos em eixos selecionados: a sexualidade, o desejo em ser mãe, a materialidade e o cotidiano no período gestacional. Conclusão: Segundo a análise desses resultados, as intervenções terapêuticas ocupacionais foram propostas no sentido da construção significativa da corporeidade e do cotidiano das mulheres gestantes, com ênfase na expressão de um regime de sensibilidades e da produção de emancipação, autonomia e protagonismo das mulheres.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoAO1173

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br