Economia solidária como estratégia de inclusão social pelo trabalho no campo da saúde mental: panorama nacional/Solidarity economy as a social inclusion strategy through work in the field of mental health: national overview

Lisabelle Manente Mazaro, Thelma Simões Matsukura, Isabela Aparecida de Oliveira Lussi

Resumo


Introdução: A economia solidária se apresenta como estratégia de inclusão social pelo trabalho para pessoas com sofrimento psíquico. No Brasil, até 2005 não havia um levantamento sistematizado de Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) que permitisse análises sobre esta realidade, ainda que informações desta natureza sejam reconhecidamente fundamentais para a avaliação e avanço de estratégias de sustentação destas ações. A Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES) investiu no mapeamento nacional dos EES desde 2005 e, entre os anos de 2010 a 2013, foi realizado o segundo e último levantamento relativo aos EES no país, que alimentou o Sistema Nacional de Informações em Economia Solidária (SIES). Objetivo: Caracterizar os empreendimentos econômicos solidários do campo da saúde mental cadastrados no banco de dados do SIES, oriundo do segundo mapeamento nacional. Método: Trata-se de um estudo documental que analisou descritivamente os dados constantes no SIES. Resultados: Foram identificados 140 empreendimentos compostos predominantemente por pessoas com transtornos mentais, inclusive quando decorrentes do uso de álcool e outras drogas, totalizando 19.708 empreendimentos cadastrados em todo território nacional. Os resultados apontam que há muitas semelhanças nas características dos EES do campo da saúde mental com os demais EES, como o tipo de organização, a atividade econômica desenvolvida, os espaços de comercialização, as conquistas e os desafios, por exemplo. Conclusão: Entre as especificidades dos empreendimentos do campo da saúde mental, é possível apontar de maneira mais significativa a distribuição regional e área de atuação. Discute-se sobre as conquistas reveladas pelo mapeamento e sobre os desafios colocados para o avanço.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoAO1880

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br