O impacto do Método Mãe Canguru no processo de aprendizagem de prematuros de baixo peso: Revisão da literatura / The impact of the method Kangaroo Mother Care in the learning process of low-birth-weight preterm infants: A literature review

Mariana de Paiva Franco, Cristiane Paiva Alves

Resumo


Os avanços da tecnologia e dos estudos científicos nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) contribuíram significativamente para a diminuição da mortalidade e da morbidade de recém-nascidos (RN) de risco, porém, eles continuam mais propensos a apresentar comprometimento neurológico e/ou retardo no desenvolvimento neuropsicomotor, com alterações neurológicas e sensoriais. Diante disso, surgiram propostas de programas de intervenção neonatal com o objetivo de resguardar o bebê e oferecer estímulos adequados para minimizar os efeitos das intervenções, com medidas protetoras, entre elas o Método Mãe Canguru (MMC). Face à relevância do tema descrito, esta pesquisa teve como objetivo realizar um levantamento bibliográfico de artigos nacionais e internacionais publicadas nos últimos anos (2000 a 2011) que descrevem de que maneira o MMC pode ou não agir como fator protetivo ao desenvolvimento da escrita em prematuros. Para a busca textual foi eleita a Biblioteca Virtual em Saúde – BVS, por se tratar de um site que abrange publicações mundiais, permitindo acesso a artigos da Ciências da Saúde, em geral tendo LILACS, IBECS, MEDLINE, Biblioteca Cochrane e SciELO como bases de dados. Os resultados encontrados nos artigos revelaram que os RN que participaram do MMC apresentaram melhoras no desenvolvimento e que fatores como a prematuridade, baixo peso ao nascer e distúrbios de aprendizagem estão fortemente correlacionados com deficiências motoras e alterações no desenvolvimento psicomotor. Concluiu-se que não foram encontrados artigos que descrevem o MMC como fator protetivo ao aparecimento da disgrafia. Sendo assim, acredita-se ser de grande importância a condução de futuros estudos sobre esses temas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/cto.2014.018

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br