MULHERES VÍTIMAS DE QUEIMADURAS: UM OLHAR SOBRE AS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA / WOMEN VICTIMS OF BURNS: A LOOK AT THE ACTIVITIES OF DAILY LIVING

JACKELINE KARLA MARTINS BESSA, TATIANA ENY OLIVEIRA DA SILVA, SUELY MARQUES ROSA

Resumo


No cotidiano do ser humano, atividades são realizadas o tempo inteiro. Essas ações, denominadas atividades de vida diária (AVDs) são aquelas relacionadas aos cuidados pessoais e à mobilidade. A queimadura, fator que altera a execução das AVDs, é uma lesão dos tecidos orgânicos em decorrência de um trauma de origem térmica com repercussões sistêmicas leves ou graves. O terapeuta ocupacional é o profissional capacitado a intervir nos déficits relacionados à execução das AVDs. Diante disso, foi proposta a pesquisa com mulheres vítimas de queimaduras nos membros superiores, atendidas no Núcleo de Proteção aos Queimados localizado em Goiânia, com o intuito de investigar, por meio do Indicador de Barthel, os níveis de dependência dessa população nas AVDs. Os resultados mostram que o banho foi a AVD com maior índice de dependência.

Palavras-chave: Mulheres Vítimas de Queimaduras; Atividades Cotidianas; Terapia
Ocupacional.


Texto completo:

PDF


_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br