A entrevista como método de pesquisa com pessoas em situação de rua: questões de campo / Interview with homeless peoples a method of research:issues of fieldwork

Ana Paula Serrata Malfitano, Ana Cláudia Rodrigues Marques

Resumo


A partir do campo de duas pesquisas de Doutorado, uma realizada na França e outra no Brasil, junto a pessoas em situação de rua, discute-se a utilização de entrevistas como método de pesquisa em campo. As autoras ocupavam, na ocasião, a posição de pesquisadoras e também de trabalhadoras de serviços de atendimento à população. A metodologia utilizada articula a observação participante, a participação observante e a realização de entrevistas aprofundadas. As reflexões aqui apresentadas centram-se na discussão da aplicação de entrevistas semidiretivas, com o objetivo de apreender a opinião daqueles sujeitos sobre os serviços dos quais são usuários. Com a análise sobre a recusa à entrevista, sua aceitação ou situações intermediárias, aponta-se que a entrevista pode ser um método efetivo para se aproximar do ponto de vista dessa população. Entretanto, os dados de campo mostraram que se apresenta mais efetiva para conhecimento acerca do universo da rua do que, efetivamente, sobre o conteúdo proveniente dos discursos dos entrevistados. Destacam-se a dupla posição das pesquisadoras, bem como as negociações implícitas e explícitas entre entrevistadores e entrevistados, ocorridas no decorrer do processo.

http://dx.doi.org/10.4322/cto.2011.002

 

 

 

do processo.


Texto completo:

PDF


_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br