A inclusão escolar de alunos com sequelas de mielomeningocele / School inclusion of students with myelomeningocele sequel

Caroline Penteado de Assis, Cláudia Maria Simões Martinez

Resumo


O objetivo deste estudo consistiu em identificar, analisar e discutir a utilização de recursos de Tecnologia

Assistiva, em função das sequelas apresentadas pelos alunos com mielomeningocele incluídos no ensino regular.

Participaram desta pesquisa 12 pessoas, sendo quatro alunos com sequelas de mielomeningocele e sete professores. Para

coleta de dados, foram utilizados três instrumentos: a

 

Escala de Percepção dos Professores sobre a Mielomeningocele, que tinha o objetivo de levantar o desempenho escolar dos alunos; o Roteiro de Observação do Desempenho do Aluno com Sequela de Mielomeningocele, utilizado para descrever o desempenho do aluno no contexto escolar, e por fim o Roteiro de Categorização do Uso da Tecnologia Assistiva no Contexto Escolar, que proporcionava a orientação da observação sobre o uso das tecnologias no contexto escolar. Os resultados indicaram que os únicos recursos encontrados para promover a participação dos alunos na escola foram duas cadeiras de rodas e uma órtese de posicionamento do tornozelo, recursos que o próprio aluno trazia para escola. Foi possível perceber que ainda há o desconhecimento por parte dos professores sobre as possibilidades concretas de implementação dos recursos de tecnologia, as quais estão relacionadas à falta de recursos, capacitação e identificação das reais necessidades e potencialidades dos alunos.

DOI: 10.4322/cto.2011.004


Texto completo:

PDF


_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br