Qualidade da escrita: Intervenção baseada na variação da produção de força dos dedos / Quality of handwriting: Intervention based on the variation of finger force production

Adriano Percival Calvo, Adriane Guzman Pasculli, Cynthia Yukiko Hiraga, Maria Candida Del Masso, Ana Maria Pellegrini

Resumo


A dificuldade em produzir escrita proficiente muitas vezes pode ser detectada desde a infância. Do ponto de vista do controle motor, a escrita não proficiente pode estar vinculada à dificuldade de ativar adequadamente as sinergias motoras que dão suporte a essa habilidade. Assim, impor diferentes demandas de controle às sinergias motoras dos dedos pode proporcionar melhora na qualidade da escrita. O objetivo deste estudo foi verificar os efeitos de um programa de intervenção, para crianças com dificuldades na escrita, composto por atividades manipulativas e pré-caligráficas que estimulam as sinergias motoras dos dedos por meio de diferentes demandas na produção de força. Trinta e quatro crianças, de 7 a 12 anos de idade, participaram do estudo. A qualidade da escrita foi avaliada pelo Minnesota Handwriting Assessment. Somente o grupo experimental, formado por 18 crianças, foi submetido ao programa de intervenção desenvolvido em 27 sessões, tendo cada sessão duração aproximada de 30 minutos. Os resultados indicam que o programa de intervenção proposto, baseado na variabilidade da demanda de produção de força, teve efeito positivo na qualidade da escrita, principalmente com relação ao tamanho das letras.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/cto.2014.053

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br