Cidade, territorialidade e redes na política de saúde mental/The city, territoriality and networks in mental health policies

Luciana Assis Costa, Flávia Duque Brasil

Resumo


A concepção de território, evidenciada pela municipalização e desinstitucionalização da saúde, torna-se elemento fundamental na construção do modelo substitutivo de saúde mental. O objetivo deste estudo é compreender como a política de saúde mental reaproxima-se do âmbito local, de forma territorializada, para desenvolver estratégias de assistência que corroboram o novo modelo de saúde mental. A partir disso, refletir sobre as possibilidades de reconstrução de novas relações sociais que possam de fato ampliar o pertencimento das pessoas com sofrimento mental na sua forma de convivência mais ordinária. Trata-se de um ensaio que utiliza como aportes teóricos referenciais e conceitos das Ciências Sociais, retratando as diferentes visões das principais escolas da Sociologia Urbana para a compreensão do território em suas múltiplas concepções e possíveis relações com a área da saúde mental. A série histórica dos dados sobre a saúde mental no Brasil demonstra que a política de saúde mental avança de forma heterogênea nas diferentes regiões brasileiras. Por fim, o cabimento da loucura na cidade depende de uma efetiva expansão dos serviços de saúde mental de bases territoriais, bem como de ampliação do acesso a bens e serviços não necessariamente atrelados à saúde mental mas aos direitos sociais básicos de cidadania. Espera-se que novas regras sociais de relacionamento não se restrinjam ao universo da saúde mental mas que promovam novos encontros no espaço urbano, marcados pelo respeito à diversidade e às diferenças. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/cto.2014.065

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br