Aplicabilidade da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) para a avaliação de crianças com paralisia cerebral: uma revisão sistemática/Applicability of the International Classification of Functioning, Disability and Healt

Lilian de Fatima Dornelas, Mariana Sivieri Lambertucci, Michelle de Lima Mello, Frederico Tadeu Deloroso

Resumo


Objetivo: Examinar e sintetizar o conhecimento disponível na literatura sobre os instrumentos utilizados na perspectiva da funcionalidade em crianças com paralisia cerebral (PC). Método: A busca dos artigos foi realizada nas bases de dados eletrônicos Google Scholar, PubMed, Lilacs e Medline, publicados no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2012, usando as palavras-chave: paralisia cerebral (cerebral palsy), criança (child), avaliação (assessment), combinada com Classificação Internacional da Funcionalidade – CIF (ICF). A busca limitou aos artigos originais escritos em português e inglês. Dez artigos foram selecionados para análise da revisão, de acordo com os critérios preestabelecidos. Resultados: Os autores propuseram instrumentos que poderiam padronizar a avaliação para classificação dos componentes “Estrutura e função do corpo”, “Atividades e Participação” e “Fatores ambientais”, como Gross Motor Function Measure (GMFM), o Pediatric Evaluation of Disability Inventory (PEDI), o Goal Attainment Scaling (GAS), o Manual Ability Classification System (MACS), o The Gross Motor Function Classification System (GMFCS), o Physicians Rating Scale (PRS), o Vineland Adaptive Behavior Scale (VABS), o Pediatric Functional Independence Measure (WeeFIM), o Gillette Functional Assessment Questionnaire (FAQ), o Pediatric Quality of Life Inventory (PedsQL), o Pediatric Outcomes Data Collection Instrument (PODCI), o Gillette Gait Index (GGI), o Energy Expenditure Index (EEI) e o Vécu et Santé Perçue de l’Adolescent (VSP-A). Conclusão: Os domínios “Estrutura e função do corpo” e “Atividades e Participação” são mais frequentemente classificados conforme a CIF em crianças com PC e possuem uma variedade de instrumentação para aplicabilidade da classificação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/cto.2014.080

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br