Tornar-se pai na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal: revisão integrativa/Becoming a father in Neonatal Intensive Care Unit: an integrative revieBecoming a father in Neonatal Intensive Care Unit: an integrative revie

Bruna de Souza Lima Marski, Natalia Custodio, Flávia Corrêa Porto de Abreu, Débora Falleiros de Mello, Monika Wernet

Resumo


A prematuridade e o baixo peso ao nascer são situações prevalentes de hospitalização da criança em Unidades de Cuidados Intensivos Neonatais (UCIN) no Brasil. A hospitalização da criança logo após o nascimento impõe separação precoce dos pais com desdobramentos para o desenvolvimento da maternidade e de sua paternidade. O objetivo deste estudo foi conhecer as produções científicas nacionais e internacionais, publicadas no período de 2007 a junho de 2012, abrangendo aspectos que caracterizam o tornar-se pai da criança nascida prematura e/ou baixo peso internadas na UCIN e identificar núcleos promotores do desenvolvimento da paternidade nessa situação. Trata-se de revisão integrativa da literatura, a partir das evidências de treze artigos científicos. Os resultados apontam a carência de apoio profissional ao pai da criança nascida pré-termo e/ou de baixo peso hospitalizadas na UCIN, especialmente pela desconsideração nas relações com os profissionais. Tais aspectos foram explorados através dos seguintes grupos temáticos: Necessidades e menosprezo; Proximidade; Transformação e cotidiano; Pai e equipe da UCIN; A paternidade após a consumação da alta hospitalar. As relações com os profissionais ganham destaque como núcleo de promoção da paternidade nesse contexto tendo em vista um cuidado integral à saúde da criança.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAR0508

_________________________________________________________________

Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional/Brazilian Journal of Occupational Therapy
ISSN: 2526-8910
Universidade Federal de São Carlos
Rodovia Washington Luis, km 235, Caixa Postal 676, Cep 13.565.905, São Carlos - SP, Brazil
Phone: +55(16)3351-8649. E-mail: cadto@ufscar.br