Prevalência de sintomas osteomusculares e suas relações com o desempenho ocupacional entre professores do ensino médio público/Prevalence of musculoskeletal symptoms and its relations with the occupational performance among public high school teachers

Autores

  • Marcos Ferreira Calixto
  • Patrícia Azevedo Garcia
  • Daniela da Silva Rodrigues
  • Pedro Henrique Tavares Queiroz de Almeida Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0551

Resumo

Objetivos: Investigar a frequência de sintomas osteomusculares e identificar suas relações com a capacidade funcional para atividades de vida diária e de trabalho entre professores do Ensino Médio público de Ceilândia-DF. Procedimentos metodológicos: estudo transversal realizado com 61 professores de quatro diferentes escolas. Para investigação, utilizou-se um questionário inicial (características sociodemográficas, clínicas e ocupacionais), o Nórdico de Sintomas Osteomusculares (QNSO) (sintomas osteomusculares) e o Disabilities of the Arm, Shoulder and Hand (DASH) (disfunções em membros superiores). Para análise dos dados, utilizou-se estatística descritiva e comparativa. Resultados: As regiões corporais mais acometidas pelos sintomas osteomusculares, nos últimos 12 meses, foram: superior das costas (42,6%), inferior das costas (41,7%) e pescoço (39,3%). Observou-se maior comprometimento na realização das atividades cotidianas entre os professores que apresentaram algum sintoma osteomuscular em pescoço (p=0,0001), ombros (p=0,001), costas (p=0,002), cotovelos (p=0,002) ou punho e mão (p=0,018). Adicionalmente, observou-se maior interferência nas atividades de trabalho entre professores que apresentaram algum sintoma osteomuscular em ombros (p=0,023) ou cotovelos (p=0,003). Conclusão: Esse cenário salienta a importância de inserir programas periódicos de promoção de saúde e prevenção de disfunções nas escolas de Ensino Médio, para correta orientação e manutenção da capacidade funcional desses profissionais.

Publicado

2015-09-29

Como Citar

Calixto, M. F., Garcia, P. A., Rodrigues, D. da S., & Almeida, P. H. T. Q. de. (2015). Prevalência de sintomas osteomusculares e suas relações com o desempenho ocupacional entre professores do ensino médio público/Prevalence of musculoskeletal symptoms and its relations with the occupational performance among public high school teachers. Cadernos Brasileiros De Terapia Ocupacional, 23(3), 533–542. https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0551

Edição

Seção

Artigo Original