Atuações da terapia ocupacional no contexto museológico: sensibilização para a diversidade/Performances of Occupational Therapy in the museum context: awareness of the diversity

Autores

  • Desirée Nobre Salasar Graduanda de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Pelotas
  • Larrisa Dall'Agnol da Silva Universidade Federal de Pelotas. Faculdade de Medicina. Curso de Terapia Ocupacional.
  • Francisca Ferreira Michelon Universidade Federal de Pelotas. Instituto de Ciências Humanas. Departamento de Museologia, Conservação e Restauro.

DOI:

https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoRE0682

Resumo

O artigo reflete sobre os resultados da atuação do terapeuta ocupacional em um museu. Para tal, são abordadas questões que caracterizam os domínios do ambiente museológico, apresentando-o como um lugar possível para o exercício da profissão, bem como se discute quais atividades podem ser realizadas pelo profissional de terapia ocupacional em um museu, qual a sua relevância e qual a diferença da realização quando feitas pelo terapeuta ocupacional e por outro profissional. Desse modo, o objetivo principal do estudo foi apresentar um novo campo de atuação para o terapeuta ocupacional, destacando a relevância das atividades de sensibilização do público e como estas podem influenciar nas vivências museológicas do visitante. São relatadas duas atividades distintas com a temática de sensibilização para a deficiência visual, executadas em 2015, no Museu da Comunidade Concelhia da Batalha, em Portugal. Relatam-se as atividades e analisam-se os resultados buscando aferir qualitativamente a participação do público e a sua resposta ao impacto que tais atividades podem surtir na inclusão cultural de pessoas com deficiência visual.

Biografia do Autor

Desirée Nobre Salasar, Graduanda de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Pelotas

Graduanda de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Pelotas

Bolsista de Iniciação Científica do CNPq

Estagiária em Acessibilidade Cultural no Museu da Comunidade Concelhia da Batalha - Portugal

Colaboradora do Programa de Extensão "O Museu do Conhecimento para todos: Inclusão cultural da pessoa com deficiência" - UFPel

 

Larrisa Dall'Agnol da Silva, Universidade Federal de Pelotas. Faculdade de Medicina. Curso de Terapia Ocupacional.

Especialização em Educação e Saúde Mental Coletiva pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. Docente do curso de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Pelotas

Francisca Ferreira Michelon, Universidade Federal de Pelotas. Instituto de Ciências Humanas. Departamento de Museologia, Conservação e Restauro.

Doutora em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Docente efetiva do Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Pelotas

Publicado

2016-03-29

Como Citar

Salasar, D. N., da Silva, L. D., & Michelon, F. F. (2016). Atuações da terapia ocupacional no contexto museológico: sensibilização para a diversidade/Performances of Occupational Therapy in the museum context: awareness of the diversity. Cadernos Brasileiros De Terapia Ocupacional, 24(1), 147–153. https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoRE0682

Edição

Seção

Relato de Experiência ou Estudo de Caso