Trajetórias de conselheiros de saúde: refletindo sobre cultura política e participação popular/Trajectories of health counselors: reflecting on political culture and popular participation

Autores

  • Pamela Cristina Bianchi UFSCar
  • Stella Maris Nicolau

DOI:

https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0702

Resumo

Objetivo: O presente artigo teve como objetivo compreender as trajetórias de conselheiros municipais de saúde representantes dos usuários e traçar reflexões a respeito da participação popular e da cultura política na realidade de um município de médio porte do interior paulista. Método: Para tanto, realizou-se uma pesquisa de caráter qualitativo e exploratório, com a proposição da busca de conhecimento através da reconstituição de trajetórias de vida, uma abordagem baseada no método da história oral. Foram realizadas entrevistas em profundidade com cinco conselheiros através de roteiro de questões amplo, para estimular a livre narração. Em seguida, realizou-se a análise das trajetórias à luz de dois conceitos: participação popular e cultura política. Resultados: As trajetórias apontaram motivações e impasses, como a satisfação na ocupação do cargo, a ascensão de uma usuária à presidência do conselho e a crítica pela falta de auxílio financeiro. Observou-se assimetria de saber e poder dentro do conselho, visto que os conselheiros se julgam menos capacitados por não dominarem questões técnicas e de gestão. A cultura política local vivencia um período de transição de uma cultura política tradicional para uma democrática e participativa, contudo predominam autoritarismo e cooptação das relações entre gestores e usuários. Conclusão: Considera-se necessária e de grande importância uma maior apropriação pelos conselheiros das atribuições do Conselho Municipal de Saúde para que se realize um controle social efetivo.

Downloads

Publicado

2017-03-30

Como Citar

Bianchi, P. C., & Nicolau, S. M. (2017). Trajetórias de conselheiros de saúde: refletindo sobre cultura política e participação popular/Trajectories of health counselors: reflecting on political culture and popular participation. Cadernos Brasileiros De Terapia Ocupacional, 25(1), 53–66. https://doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0702

Edição

Seção

Artigo Original