Adolescências, saúde mental e crise: a história contada por familiares/Adolescents, mental health and crisis: the story told by relatives

Autores

  • Lívia Martins Rossi Universidade Federal de São Carlos
  • Maria Fernanda Barboza Cid Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoAO1811

Resumo

Introdução: Estudos apontam que adolescentes têm apresentado maior vulnerabilidade para o desenvolvimento de problemas relacionados à saúde mental. Observa-se, no entanto, uma escassez de pesquisas que tratam da experiência do sofrimento psíquico nessa população, bem como da atenção à saúde mental direcionada aos adolescentes e seus familiares, incluindo a vivência da crise. Objetivo: O objetivo do estudo foi identificar a compreensão de familiares de adolescentes usuários de um Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPSij) sobre as situações de crise vivenciadas pelos adolescentes e sobre a trajetória percorrida em busca de cuidados. Método: Participaram cinco familiares de adolescentes vinculados a um CAPSij, que concederam entrevistas abertas com base no método de história oral, cujos produtos foram posteriormente trabalhados por meio de análise temática. Resultados: Os resultados indicam que a vivência da crise do adolescente faz emergir sentimentos de medo, perplexidade e culpa nos familiares. Entretanto, tal experiência também é apontada como motivo de maior vínculo entre ambos. Observou-se relatos que relacionam a crise do adolescente à vivência de adversidades familiares e, além disso, embora indiquem a ausência de internações psiquiátricas no processo de cuidado, revelam dificuldades nas trocas com os profissionais e serviços, que facilitem a compreensão da situação, ainda que reconheçam como positivo o apoio dos mesmos nos momentos críticos. Conclusão: O estudo contribui apresentando a compreensão da crise pela voz dos familiares de adolescentes e identifica as percepções da experiência de cuidado nos serviços, reforçando a importância do lugar da família na atenção à saúde mental de adolescentes.

Biografia do Autor

Lívia Martins Rossi, Universidade Federal de São Carlos

Mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional da Universidade Federal de São Carlos

Maria Fernanda Barboza Cid, Universidade Federal de São Carlos

Professora adjunta do Dapartamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de São Carlos

Publicado

2019-12-10

Como Citar

Rossi, L. M., & Cid, M. F. B. (2019). Adolescências, saúde mental e crise: a história contada por familiares/Adolescents, mental health and crisis: the story told by relatives. Cadernos Brasileiros De Terapia Ocupacional, 27(4), 734–742. https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoAO1811

Edição

Seção

Artigo Original