Transcendendo o problema: percepções de mães e crianças sobre o impacto do transtorno do desenvolvimento da coordenação no dia a dia/Transcending the problem: perceptions of mothers and children about the impact of developmental coordination disorder in everyday life

Autores

  • Carolline Cristinne Morais de Medeiros Universidade Federal da Paraíba
  • Flávia Regina Ribeiro Cavalcanti Buffone Universidade Federal da Paraíba
  • Eliane Schochat Universidade de São Paulo
  • Clarice Ribeiro Soares Araújo Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoAO1818

Resumo

Introdução: A maior parte da população é capaz de executar movimentos e atividades cotidianas com relativa competência. É bem documentado na literatura o perfil de algumas crianças que têm muita dificuldade para realizar atividades consideradas típicas da infância. Crianças com transtorno do desenvolvimento da coordenação (TDC) demonstram prejuízo acentuado no desenvolvimento das habilidades motoras, com possíveis repercussões na saúde física e mental. Objetivo: Investigar as percepções da díade mãe-criança sobre os prováveis impactos do TDC no desempenho ocupacional das crianças e no dia a dia da família; explorar as relações existentes entre as ocupações, habilidades e ambiente; investigar a influência do transtorno no autoconceito e autoeficácia das crianças. Método: Trata-se de um estudo exploratório de corte transversal, de abordagem qualitativa que contou com a participação de 3 mães e 3 crianças. A análise dos dados foi feita por análise de conteúdo. Resultados: Duas categorias emergiram: oportunidades de brincar e de fazer e impactos na escola. As mães percebem as dificuldades relacionadas ao desempenho das ocupações das crianças, principalmente nas atividades escolares. Algumas questões do contexto social foram identificadas pelas mães como balizadoras das oportunidades de brincar de suas crianças. As crianças compreendem que têm algumas dificuldades e uma delas identifica problemas na relação com os colegas. Conclusão: Acredita-se que o estudo possa contribuir para reforçar a necessidade de reconhecimento do TDC e sua co-ocorrência com dificuldades de aprendizagem como um problema persistente e impactante no cotidiano de crianças e suas famílias, e a importância de fatores ambientais como mediadores da oferta de oportunidades de brincar das crianças.

Biografia do Autor

Carolline Cristinne Morais de Medeiros, Universidade Federal da Paraíba

Estudante de graduação em Terapia Ocupacional do último ano.

Flávia Regina Ribeiro Cavalcanti Buffone, Universidade Federal da Paraíba

Docente do Departamento de Terapia Ocupacional da UFPB.

Eliane Schochat, Universidade de São Paulo

Livre docente do Departamento de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Clarice Ribeiro Soares Araújo, Universidade Federal da Paraíba

Terapeuta ocupacional especialista em desenvolvimento infantil e mestre em Ciencias da Reabilitação, interesse na pesquisa com crianças com história de prematuridade, transtornos do desenvolvimento e da aprendizagem. Doutoranda em Ciências da Reabilitação pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Publicado

2019-12-10

Como Citar

Medeiros, C. C. M. de, Buffone, F. R. R. C., Schochat, E., & Araújo, C. R. S. (2019). Transcendendo o problema: percepções de mães e crianças sobre o impacto do transtorno do desenvolvimento da coordenação no dia a dia/Transcending the problem: perceptions of mothers and children about the impact of developmental coordination disorder in everyday life. Cadernos Brasileiros De Terapia Ocupacional, 27(4), 792–805. https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoAO1818

Edição

Seção

Artigo Original