Equilíbrio trabalho-família entre cuidadores de idosos: uma revisão sistemática

Autores

Resumo

Introdução: Trabalhadores podem vivenciar um conflito de papéis ao tentarem conciliar trabalho e atividades de cuidado com familiares idosos. Objetivo: Realizar uma revisão sistemática das pesquisas empíricas sobre equilíbrio trabalho-família entre cuidadores de idosos. Método: Foram consultadas as bases de dados Scopus, PubMed, Scielo, BVS, Web of Science e PsycInfo para identificar as pesquisas publicadas no período de 2015 a 2020. Resultados: Identificaram-se 20 artigos que foram categorizados da seguinte forma: 1. Cuidadores de idosos com demência e câncer; 2. Gênero; 3. Geração Sanduíche e baby boomers; e 4. Estratégias de enfrentamento individuais e coletivas. Destacou-se que existem especificidades no equilíbrio trabalho-família que podem favorecer tanto o spillover positivo quanto o negativo; por isso devem ser consideradas no planejamento das estratégias individuais e coletivas. Conclusão: Para favorecer o equilíbrio trabalho-família, deve-se estudar as escolhas entre os trabalhos e responsabilidades familiares, bem como ampliar esse quadro estreito por meio da análise de aspectos que envolvam gênero, biografia, normas culturais, valores sociais, aspectos econômicos e soluções políticas disponíveis a esses trabalhadores.

Publicado

2022-06-21

Como Citar

Medeiros, T. J., Barbosa, G. C., Alves, L. C. de S. ., & Gratão, A. C. M. (2022). Equilíbrio trabalho-família entre cuidadores de idosos: uma revisão sistemática. Cadernos Brasileiros De Terapia Ocupacional, 30, e3154. Recuperado de https://www.cadernosdeterapiaocupacional.ufscar.br/index.php/cadernos/article/view/3154

Edição

Seção

Artigo de Revisão e/ou Atualização de Literatura