Aplicabilidade da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) para a avaliação de crianças com paralisia cerebral: uma revisão sistemática/Applicability of the International Classification of Functioning, Disability and Healt

Autores

  • Lilian de Fatima Dornelas UFMG
  • Mariana Sivieri Lambertucci Universidade Federal de Uberlândia
  • Michelle de Lima Mello Universidade Federal de Uberlândia
  • Frederico Tadeu Deloroso Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.4322/cto.2014.080

Resumo

Objetivo: Examinar e sintetizar o conhecimento disponível na literatura sobre os instrumentos utilizados na perspectiva da funcionalidade em crianças com paralisia cerebral (PC). Método: A busca dos artigos foi realizada nas bases de dados eletrônicos Google Scholar, PubMed, Lilacs e Medline, publicados no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2012, usando as palavras-chave: paralisia cerebral (cerebral palsy), criança (child), avaliação (assessment), combinada com Classificação Internacional da Funcionalidade – CIF (ICF). A busca limitou aos artigos originais escritos em português e inglês. Dez artigos foram selecionados para análise da revisão, de acordo com os critérios preestabelecidos. Resultados: Os autores propuseram instrumentos que poderiam padronizar a avaliação para classificação dos componentes “Estrutura e função do corpo”, “Atividades e Participação” e “Fatores ambientais”, como Gross Motor Function Measure (GMFM), o Pediatric Evaluation of Disability Inventory (PEDI), o Goal Attainment Scaling (GAS), o Manual Ability Classification System (MACS), o The Gross Motor Function Classification System (GMFCS), o Physicians Rating Scale (PRS), o Vineland Adaptive Behavior Scale (VABS), o Pediatric Functional Independence Measure (WeeFIM), o Gillette Functional Assessment Questionnaire (FAQ), o Pediatric Quality of Life Inventory (PedsQL), o Pediatric Outcomes Data Collection Instrument (PODCI), o Gillette Gait Index (GGI), o Energy Expenditure Index (EEI) e o Vécu et Santé Perçue de l’Adolescent (VSP-A). Conclusão: Os domínios “Estrutura e função do corpo” e “Atividades e Participação” são mais frequentemente classificados conforme a CIF em crianças com PC e possuem uma variedade de instrumentação para aplicabilidade da classificação.

Biografia do Autor

Lilian de Fatima Dornelas, UFMG

departamento de Terapia Ocupacional

Mariana Sivieri Lambertucci, Universidade Federal de Uberlândia

Graduanda do curso de Fisioterapia da UFU-MG

Michelle de Lima Mello, Universidade Federal de Uberlândia

Graduanda do curso de Fisioterapia da UFU-MG

Frederico Tadeu Deloroso, Universidade Federal de Uberlândia

Doutor , Docente do curso de Fisioterapia - UFU-MG

Downloads

Publicado

2014-11-12

Como Citar

Dornelas, L. de F., Lambertucci, M. S., Mello, M. de L., & Deloroso, F. T. (2014). Aplicabilidade da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) para a avaliação de crianças com paralisia cerebral: uma revisão sistemática/Applicability of the International Classification of Functioning, Disability and Healt. Cadernos Brasileiros De Terapia Ocupacional, 22(3), 579–590. https://doi.org/10.4322/cto.2014.080

Edição

Seção

Artigo de Revisão e/ou Atualização de Literatura